câmera indiscreta – madan/ademir assunção

sábado, 26 de março de 2011

adriana calcanhoto

entre por esta porta agora





Vambora
Adriana Calcanhotto

Entre por essa porta agora
E diga que me adora
Você tem meia hora
Prá mudar a minha vida
Vem, vambora
Que o que você demora
É o que o tempo leva...

Ainda tem o seu perfume
Pela casa
Ainda tem você na sala
Porque meu coração dispara?
Quando tem o seu cheiro
Dentro de um livro
Dentro da noite veloz...

Ainda tem o seu perfume
Pela casa
Ainda tem você na sala
Porque meu coração dispara?
Quando tem o seu cheiro
Dentro de um livro
Na cinza das horas...

Um comentário:

  1. Que bom que você gostou do meu poema Mude!

    Mude,
    Mas comece devagar,
    Porque a direção é mais importante que a velocidade.

    Veja o poema na íntegra em www.Mude.blogspot.com

    Abraços!

    ResponderExcluir